2 de setembro de 2014

Globo tem pior ibope da história

0 comentários
globo 2014
Agosto foi realmente um mês de desgosto, pelo menos para a Globo. A emissora fechou o mês com sua pior média histórica de audiência das 7 horas à meia-noite, como em horário nobre –o mais caro e valioso da publicidade brasileira. Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do Portal UOL , a emissora da família Marinho fechou o mês com apenas 12,5 pontos na faixa nobre (das 18 horas à meia-noite). Em agosto do ano passado a média foi de dois pontos a mais (cada ponto vale por 65 mil domicílios na Grande São Paulo).

A Globo também despencou na medição do horário comercial (das 7 horas à meia-noite). Ficou com 19,6 pontos, contra 24,2 pontos em agosto do ano passado. Em julho a média fora de 21,9 pontos. A pior média da Globo em todos os tempos coincide com a mais longa fase tenebrosa que atinge praticamente todas as novelas da casa, em todos os horários. A dramaturgia vive seu pior momento. A trama “Império”, de Aguinaldo Silva, até começou bem, mas caiu tanto (média de 30 pontos) que está prestes a ficar abaixo de “Salve Jorge”, de Glória Perez.

Wilma: “Fátima pensa que é a dona do mundo… a presidente da República”

0 comentários
Jornal de Hoje:
WILMA
O crescimento de Fátima Bezerra (PT) nas pesquisas de intenção de voto, ao que parece, fez Wilma de Faria (PSB) voltar ao discurso contra a adversária petista na corrida pelo Senado Federal. No sábado, durante visita aos municípios da região do Vale do Açu, Wilma dedicou alguns minutos para falar de Fátima e, obviamente, as declarações não foram nada positivas.

“Temos uma candidata que só quer ser a dona do mundo, que acha que tudo que vem para o Rio Grande do Norte foi ela que trouxe, como se nós não tivéssemos deputados federais para trabalhar pelo Estado. É como se ela fosse a presidente da República”, discursou Wilma, falando de Fátima na cidade de Carnaubais.

A declaração, de certa forma, é uma repetição do que aconteceu no início da campanha, porque Fátima estaria se utilizando, segundo a candidata do PSB, dos programas e ações positivas enviados pelo Governo Federal, como se fossem todas resultantes do trabalho da petista na Câmara Federal. Na época, Wilma afirmou que Fátima não era do Executivo e, por isso, não poderia dizer que foi “ela que fez” essas ações e que trouxe, por exemplo, os IFRNs, para o Rio Grande do Norte.

Fátima, na época, disse que não responderia a Wilma de Faria, mas ironizou dizendo que estava sendo criticada por estar trabalhando. O caso acabou sendo esquecido e Wilma cresceu nas pesquisas de intenção de voto – depois de começar a campanha quase empatadas.

A situação, agora, é novamente difícil para Wilma de Faria. Na última pesquisa de intenção de voto, ela apareceu com apenas um ponto a mais que Fátima Bezerra (35% contra 34%) e isso significaria um “empate técnico” entre as duas principais candidatas, contando com a margem de erro.

PROGRAMA ELEITORAL

Além de dedicar alguns minutos a falar da adversária, no discurso da ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, foi possível constatar, também, a presença mais firma da candidata a presidência da República pelo PSB, Marina Silva. Ela foi lembrada em todas as citações de Wilma, sempre relembrando como “a mudança” que o país precisa.

O curioso desse ponto é que no programa que foi ao ar na manhã de hoje, nas rádios potiguares, Wilma usa outro presidente: Lula, do PT, que apóia, oficialmente, Dilma Rousseff (adversária de Marina) e Fátima Bezerra. No programa, é mostrado um material antigo de Lula elogiando o trabalho de Wilma como governadora do RN.

Robinson afirma que Henrique Alves nunca morou no RN, é um mentiroso e oportunista

0 comentários
Jornal de Hoje:
TYIU56I3I
O candidato do PSD a governador, Robinson Faria (PSD), elevou o tom das críticas ao candidato do PMDB, Henrique Alves. Em entrevista ao Jornal da Cidade, da FM 94, Robinson disse que o atual presidente da Câmara dos Deputados é o “candidato do acordão”, “o candidato das pesquisas”, “adesista”. Robinson classificou as propostas do adversário de “falácia” e “mentira”, apontou “oportunismo” político e “discurso falso”, além de tratá-lo como “candidato midiático”.

Foi o mais duro momento da campanha eleitoral até o momento. Segundo Robinson, Henrique adere a todos os governos com a promessa de ajudar o Estado, mas não consegue resolver os problemas, lembrando que, mesmo sendo presidente da Câmara, nada fez pelo governo Rosalba Ciarlini (DEM), onde mandava e desmandava, e que em eventos do governo, ele discursava como se fosse o governador e Rosalba a expectadora.

Robinson falou que Henrique não é oposição ao Governo Rosa, já que na gestão atual ainda tem pessoas ligadas a ele, como o secretário de Desenvolvimento, Sílvio Torquato, tio do deputado Gustavo Fernandes (PMDB), a secretário de Assistência Social, que tem o DNA do vice de Henrique, João Maia (PR), e o líder do governo, o democrata Getúlio Rêgo, que vota em Henrique. Robinson acusou Henrique de nunca ter morado no Rio Grande do Norte, de ter nascido no Rio de Janeiro, ter se criado no Rio e de ser carioca.

“A população sabe analisar os fatos e essas são suas propostas de um candidato que nunca morou no Estado, sempre teve uma carreira muito fácil, nasceu pronta nunca cavou com as unhas sua vida pública, já nasceu deputado federal, criado no Rio de Janeiro, carioca, formado no Rio”, disse.

Robinson afirmou que mesmo ocupando um dos cargos mais altos da República, Henrique não trouxe soluções ao governo Rosalba. “Ao contrário muita pirotecnia: afunda o calçadão de Ponta Negra e está lá o deputado Henrique para tirar uma foto. Se tem problema no hospital, ele fala que vai trazer ministro para resolver o problema. É o candidato midiático, é o político da mídia, mas resolutividade nenhuma. Então é uma coisa fantasiosa”, afirmou.

Semana dos XXXVIII Jogos Estudantis movimenta São Paulo do Potengi

0 comentários
Ginásio de Esportes Aluísio Alves Lotado no Dia da Abertura

Futsal



Atletismo

PM DE São Paulo do Potengi Cumpre Mandado de Prisão

0 comentários
Na tarde deste domingo a Polícia Militar cumpriu mandado de prisão contra Demir Alves da Silva, Vulgo Bin laden.

Coordenação Penitenciária desconhece o motivo da greve de fome de detentos no RN

0 comentários
Portal Nominuto
A Coape (Coordenação de Administração Penitenciária do Estado) ainda desconhece o motivo pelo qual 2.157 detentos de cinco unidades prisionais do Rio Grande do Norte recusam se alimentar. A greve de fome, que teve início na manhã de ontem, já se estende por mais de 24 horas.

Em entrevista ao Jornal da 96, a diretora da Coape, Dinorá Simas, afirmou que, até o momento, os presos ainda não informaram a razão do protesto e permanecem em silêncio, sem aceitar comida: ”O que nós queremos é resolver o problema, saber qual o motivo, pra podermos tomar a iniciativa”.

Uma carta teria sido encaminhada, partindo do presídio de Alcaçuz, o maior do estado, fazendo referência a problemas no Pavilhão 5. No entanto, ainda segundo Dinorá, a carta não chegou aos órgãos do estado: “Eu tenho a informação de que um repórter está com essa carta, mas o conteúdo não chegou à coordenação”.

Uma reunião foi marcada para as 10h da manhã de hoje envolvendo todos os diretores de presídios em Natal e Grande Natal, buscando entender melhor a situação.

A greve de fome dos apenados atinge, além de Alcaçuz e da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga (o Pavilhão 5), a Penitenciária Estadual de Parnamirim, a Cadeia Pública de Natal e a Penitenciária do Seridó, localizada no município de Caicó.

Total de famílias endividadas cresce e alcança 185 mil em Natal

0 comentários
Ao lado de Maceió, Natal ficou na segunda colocação entre as capitais do Nordeste com a maior média de endividamento em 2013. Na capital potiguar, o percentual de famílias que estavam endividadas atingiu 74%, ficando acima da média nacional. O número de famílias com dívida que era de aproximadamente 176 mil em 2012 foi para cerca de 185 mil em 2013, um aumento de 5% no período. Por outro lado, o valor da média mensal devida por família diminuiu de R$ 1.387 para R$ 1.365, uma queda de 15%. Os dados foram divulgados ontem pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de São Paulo (FecomercioSP).

No Nordeste, também ficaram acima da média nacional João Pessoa (75%), Fortaleza (67%), São Luís (66%) e Teresina (65%). Aracaju e Recife se igualaram à média do nível de endividamento do Brasil, de 63%. A única capital da região que ficou abaixo da média de famílias endividadas foi Salvador, com 60%.

O estudo da FecomercioSP mostra que, em Natal, as famílias comprometem em média 35% de suas rendas com dívidas. O valor médio de dívida por família na capital potiguar, de R$ 1.365, diminui R$ 56 em relação a quantia observada em 2011, que era de R$ 1.421. A queda é de 3,94% de 2011 a 2013. A Fecomercio-SP informa ainda que o percentual de famílias com dívidas atrasadas é de 22% em Natal, número que vem caindo nos últimos anos. Em 2011, esse percentual era de 28%. Já em 2012, era 26%.

Declaração de José Agripino abala o ambiente político

0 comentários
Após sinalizar uma possível aliança do PSDB e outros partidos da coligação com Marina Silva (PSB) em um eventual segundo turno, o coordenador geral da campanha presidencial de Aécio Neves (PSDB), senador Agripino Maia, afirmou que, em um eventual governo de Marina, participar da base de apoio do PSB seria um caminho “natural”, ao ser questionado sobre a posição do PSDB e do DEM nesta situação. 

O senador José Agripino preferiu emitir uma nota no final da tarde para esclarecer comentário

“O PSDB e o DEM são oposição fundamentalmente ao PT e, se Marina ganhar derrotando o PT, os petistas estarão automaticamente remetidos à oposição. Então, se isso vier a acontecer (vitória de Marina), o caminho natural seria esse.”